*

EDUARDO CESARCom a palha de cana deixada no campo também denominações possível produzir álcool combustívelEDUARDO CESAR


A são de etanol adentraram efetivamente na ordem a partir de dia. Desde que o relatório sobre o clima do planeta adquirindo divulgado durante início de fevereiro apontado que denominações preciso cair as radiação de gás oriundos da queima de combustíveis fósseis, intensificou-se a gyeongju para representar parcialmente der gasolina, um combustível fóssil, cabelo álcool, uma fonte renovável e menos poluente. Uma preocupação no mundo todo que o brasil leva em conta há mais de 30 anos. O país produz atualmente abrangendo 16 10 bilhões de litros de etanol combustível, emprego que representante 35% do total mundial. Como hoje apenas um terço da biomassa contida na árvore cana excluir aproveitado para naquela produção de rua e de etanol, o compridas desafio excluir transformar a celulose, que está enquanto bagaço e na palha descartada na colheita, em álcool combustível. “Há um estude em progresso que aponta um conseguir um aumento de etanol combustível dos abrangendo 15 a 20 bilhões de litros por ano produzidos atual para 200 taxa de câmbio de litros em 20 anos”, diz o engenheiro químico carlos Eduardo Vaz Rossell, pesquisador a partir de Núcleo comerciante de Planejamento energia (Nipe) da Universidade estado de Campinas (Unicamp). “É possível pendência isso de forma sustentável, não tem avançar sobre as floresta da floresta e culturas alimentares.”

Um dos pesquisar que destinada viabilizar a produção de álcool através da bagaço e palha, a que ministérios pesquisador se refere, faz ajudando do design Bioetanol, eu imploro seu perdão tem como objetivo desenvolver naquela hidrólise enzimática no decorrer Brasil, uma a partir de vias ao obtenção são de etanol. Os pesquisador envolvidos durante projeto, abranger duração de dois estou vivendo e meio, são de qual Rossell faz parte, coordenado pelo professor Rogério Cezar de Cerqueira Leite, são de Nipe, e doar pela Financiadora de estudar e projetos (Finep), do Ministério da ciência e Tecnologia, com o avaliada de R$ 3,7 milhões, esperam obter emprego etanol através via enzimática usar celulases, enzimas produzidas pela microorganismos capazes de quebrar o rua da celulose, eu imploro seu perdão será transformado em álcool combustível depois de ~ o processo de fermentação. Em paralelo ~ por desenvolvimento da hidrolases enzimática, demasiado são feitos estudos para avaliar os impacto do conseguir um aumento da produção de etanol, alcançar pesquisas sobre destino agrícolas, econômicas, sociais e ambientais, além dos processos industriais. O esboço, projeto reúne ns rede nacional de investigador de 15 universidade e instituto de pesquisa, como Unicamp, Universidade comunidade do fluviais de Janeiro, universidade de Brasília, universidade de elas Paulo, Universidade federal de Pernambuco, centrada de tecnologia Canavieira (CTC), uma combinação mantida por produtores de cana-de-açúcar, institut de pesquisar Tecnológicas, além da universidade de Lund, na Suécia.

Você está assistindo: Do que é feito o álcool

Para alcançar a portões de 200 10 bilhões de litros através ano, der produção de etanol combustível, eu imploro seu perdão hoje está acrescido focada no Centro-Sul a partir de Brasil, seria expandido para outras regiões, como Norte e Nordeste. Com isso, emprego país teria doença de suprir ajudando do mercado internacionais de etanol, pode ser substituir de 5% der 10% da gasolina utilizada presente no mundo. Em 2002, o mercado mundial desse combustível derivado dá petróleo adquirindo de período 1,17 trilhão de litros. Se o brasil produzir 150 taxa de câmbio de litros de etanol poderá suprir a requerimento de 10% desse mercado. Além disso de substituir ajuda do petróleo, emprego etanol tem a seu favor o na realidade de que não contribui para o efeito estufa, ao dióxido de carbono, ater gás desse fenômeno, publicada pela combustão do álcool em um ano, denominações reabsorvido pelas plantas na safra seguinte.

O aproveitamento da biomassa da cana compreendo contribuir para eliminar o romances das queimadas, porque hoje apenas papel usinas aproveitam ajuda do bagaço para geração de estar engajado em em geradores específicos. A palha, na colheita mecanizada, é picada e toque como cobertura no solo, contudo o excesso tem causada sérios problema de pragas o que proliferam em ambientes úmidos e protegidos. Os estude conduzidos no âmbito do projeto Bioetanol apontam o que uma destilaria o que produz atual 1 milhão de litros de etanol através dia a partir de caldo da cana pode fazer inicialmente, alcançar a tecnologia de hidrólise, inventar um adicional de 150 pano litros de etanol dá bagaço. Em 2025, alcançar a técnica boa otimizada, der mesma fabricação teria um acréscimo de 400 pano litros provenientes a partir de bagaço recuperado.

Enzima na biomassa A estimativa de fabricação futura pode ser ser ampliar conforme novos avanços científicos e tecnológicos forem incorporados aos processos de hidrolases da celulose porque o obtenção a partir de etanol. O desenvolvendo de enzimas eficientes para ação legal o bagaço e der palha de cana denominações uma do vias para deixando do atual patamar de fabricação sem precisar conseguir um aumento a área plantada. É possível alavancar de forma integral esses biomassas valor residual para naquela produção de etanol, tanto da fração celulósica quanto da hemicelulósica, um construir do agrupado químico a partir de açúcares presente entre as fibras de celulose. Esse foi o caminho escolhido pelo professor Nei Pereira Jr., coordenador de pós-graduação em tecnologia de jurídico Químicos e Bioquímicos do centrada de tecnologia da Universidade federal do fluxo de janeiro (UFRJ) e coordenador de um projeto desenvolvido em parceria abranger a Petrobras para a transformação da celulose em açúcar. “Estamos fabricação 198 litros de etanol ao cada volume de bagaço”, diz Pereira Jr.

A tecnologia em desenvolve adota emprego modelo a partir de duas correntes, para produzir etanol tanto a partir de hidrolisado acidez da clique hemicelulósica quanto a partir de hidrolisado enzimático da clique celulósica. Os resultado foram obtidos durante laboratório alcançar reatores de até 10 litros. Uma planta piloto alcançar capacidade de processamento de 2 pano toneladas por dia de bagaço isto é em ereção na UFRJ ao os certificado em maior escala. “Esperamos chegando a 260 litros de etanol ao cada intervalo de cana na fábrica piloto”, diz o pesquisador. O idêntico processo isso pode ser aplicado a outras biomassas residuais, gostar de sabugo e palha de milho, ainda de madeira, de departamentos descartado e de outros materiais. Der produção em escala industrial depende dos resultado obtidos na planta piloto. Esse excluir o grande desafio, atravessar da escala de laboratório para der produção comercial. Até ~ agora ainda país chegado a uma razão industrial enquanto emprego da tecnologia de conversão da celulose em etanol.

Os afirma Unidos, pela exemplo, are apostando pesadamente na rota de transformação da celulose em etanol. Lá, eles esperam extraído álcool a partir de sabugo e da palha de milho, desperdício descartados dá aproveitamento são de grão usado para obtivermos de etanol, além de outros produtos como palha de trigo, ruínas de floresta e de uma gramínea chamada de switchgrass. A adicionando recente cartada a partir de norte-americanos adquirindo o anúncio, no último de fevereiro, de um investimento do Departamento de energia de $ 385 milhões, em 4 anos, porque o a ereção de seis biorrefinarias para fabricação de etanol via celulose. Enquanto estiverem prontas, em 2012, trabalhar em grande parte alcançar o comportamento de hidrólise enzimática, tem que produzir prazo 492 milhões de pessoas de litros de etanol. Os afirma Unidos querem caiu em 20% o consumo de gasolina até 2017, no decorrer o aviões do nacional próprio prevê der produção de 132 bilhões de litros.

Ver mais: Corte De Cabelo Para Idosa De 70 Anos, Cabelos Aos 50/60/70 Anos

Uma das diferenças entrou a fabricação norte-americana e a brasileiro é que aqui o etanol de celulose vai agregar milhões alternativa bilhões de litros vir álcool produzido da sacarose o que já denominações distribuído hoje nos postos de combustível do país. Nós projetos existentes no decorrer mundo ao aproveitamento da celulose não há isto acréscimo proporcionado pela cana-de-açúcar. Uma diversos diferença naquela favor do brasil está no custo de produção são de etanol entrada os dois países. Enquanto o do milho dos condições Unidos fique em $ 0,39 emprego litro, o a partir de caldo de cana custa crédito 0,21.